// --> zbame/português
  • Français
  • domingo, maio 07, 2006

    Antes de tudo,apresento-vos o "Gay-o-meter", um achado de tong-zhi que podera eventualmente vos elucidar sobre a vossa orientação sexual... exibo meu resultado sem grande vergonha:

    Segundo as minhas convicções cada um de nós tem duas orientações sexuais... Creio que vou chocar muitas pessoas publicando este post, mas não ao ponto fazer-me apedrejar lolol, por conseguinte mim continuar:p..!Sim acredito efectivamente que existe bem ao fundo de nós, uma identidade bissexual, isto nao implica que sejamos tarados sexuais e que saltemos des^perados por sexo para cima de qualquer pessoa", mas, potencielmente tem-se a possibilidade e desejo de ter relaçoes com os 2 sexos, que muita das vezes com muito pudor ele se nega, porque é inadmissivel pensar nestas coisas!!! Os valores morais são um impasse para uma abertura à esta mentalidade e é uma referencia vàlida nao so do lado hetero... No que me diz respeito, considero-me realmente hetero, nem uma experiência lesbiana, porquê? não penso nisso, nao sinto um desejo especial de ter... e no entanto sei que em mim existe uma parte homossexual, mas não para tanto esteja a procura dela, consciente que o homem m atrai muito mais ...
    leu o opost mais recente

    encontrarà os posts precedentes no arquivo do mês

    3 Comments:

    Blogger Mistinguette said...

    deu-me 40% :P

    5/29/2006 2:59 da tarde  
    Blogger ellla said...

    lolooooooooooooooooooool

    6/05/2006 12:10 da manhã  
    Blogger Busty said...

    Nunca vou conseguir entender a vida sem um beijo apaixonado. Como passar por aqui fingindo sentir atração por conveniência? Como ser feliz mentindo para o mundo e para mim? Que sentido haveria em viver sem beijar alguém com absoluta devoção? Há quem aceite tamanha castração? Quem poderia se curvar a padrões, diante de sensação tão intensa, pura e inocente?

    Tantos anos se passaram e ainda não entendo a vida sem amor. Ou a vida com o amor catalogado, dividido entre o amor certo e o amor errado.

    Agora entendo que a vida sem amor vai ser, para sempre, uma noite sem luar.

    7/18/2006 10:37 da tarde  

    Enviar um comentário

    <;BlogItemBacklinksEnabled>

    Links to this post:

    << Home